Carrion

Escrito por

Gonçalo "Melgacius" Carvalho

Data de publicação

03 Agosto 2020 15:00

Tópicos

Carrion foi mais um jogo que adorei desde o momento em que o vi num press release da agência publicitária associada à Devolver Digital, que o publica. Há que enaltecer o processo de curadoria feito pela Devolver, mais um jogo bastante bom!

Carrion inicia simplesmente como um jogo de puzzles em que controlamos um monstro que devora pessoas. Com o tempo o jogo vai-se transformando, vamos adquirindo novas habilidades que abrem um bocado a jogabilidade, tornando-o um Metroidvania onde andamos para trás e para a frente a chegar a áreas que anteriormente não conseguíamos aceder, contudo o cheiro a puzzle labiríntico nunca desaparece.

Tenho que salientar que durante metade do jogo a fluidez com que o nosso personagem se movimenta quando utilizamos o rato é assombrosa, parece que saltamos de nenúfar em nenúfar, quase que pairando no ar, não ligando a maioria do que se passa à nossa volta. Inicialmente as pessoas que funcionam como nosso inimigo pouco mais passam que carne para canhão, servem para nos fazer crescer e dar qualquer pedaço de vida que perdemos por distração, num mar de sangue e membros pelo ar. O crescimento físico do nosso boneco serve para abrir espaço para novas habilidades, cada uma delas associada a uma das evoluções, mas também nos torna mais desajeitados.

Numa fase inicial não ligamos a esse andar meio manco, mas gradualmente os nossos adversários vão ficando mais fortes e diversos. Drones, mechs, pessoas com escudos eléctricos… e nós ali, gigantes, quase a fazer lembrar a expressão “gato escondido com rabo de fora”. Também convém dizer que nós somos uma máquina destruidora, mas não somos muito fortes. Um bocadinho de fogo é capaz de nos matar num instante se não houver água perto, uma metralhadora acaba connosco de forma ainda mais rápida se não houver um canto para nos escondermos. Há, pois claro, um puzzle cada vez que nos deparamos com uma leva de adversários. A maior parte das vezes basta paciência. Jogar pelo seguro é a maneira mais simples e rápida de atravessar cada nova secção, até porque com os adversários mais difíceis começamos a perceber que os controlos não são tão precisos como inicialmente pareciam.

Aqui começa a esfumar a ilusão dum jogo magnífico, e fica apenas a certeza que é um jogo muito bom. Começamos também a notar que o cenário industrial não é muito diverso, e se a maioria das zonas não tivesse um nome nem chegava a notar que eram diferentes.

Esta similaridade complica um pouco a componente metroidvania, já que perdemos um bocado a noção de onde andamos até começarmos a decorar o mapa. Sim, somos um monstro, não temos mapas, GPS ou podemos perguntar a direcção às pessoas. Pessoalmente gostei desse toque. Por vezes os jogos incutem um realismo artificial que só atrapalha, mas dado o cariz do jogo e a configuração dos níveis gostei bastante do resultado final.

Engraçado também que embora o jogo seja curto fica a sensação que tem um bocadinho de tempo a mais. O último nível arrasta-se um bocado, embora nada de transcendente. Ficou só aquela sensação de repetição. Andaram a introduzir os adversários ao longo do jogo para juntar tudo e atirarem-nos praticamente ao mesmo tempo no fim. Não ficou mal, apenas com um niquinho de tempo a mais do que queria.

Há jogos assim. Apaixonamo-nos ao início, mas a fase do namoro acaba por ser curta. A falta de precisão nos controlos e a repetitividade dos cenários não são suficientes para apagar tudo de bom que o jogo tem. Uma ideia original e divertida, habilidades interessantes e mecânicas que durante muito tempo achocalham a maneira como jogamos. Ao longo de todo o jogo vão-nos atirando bifes, e nem sequer nos obrigam a roer o osso todo. Este jogo está no Game Pass, não há qualquer razão para não o jogarem. Recomendado!

  • Lançamento: 23 de Julho de 2020
  • Plataformas: PC/Xbox One/Nintendo Switch
  • Desenvolvedor: Phobia Game Studio
  • Editora: Devolver Digital
  • Nota Pessoal: 7.5/10
  • Analise realizada na versão do jogo para PC

Lançamentos

 

Crash Bandicoot 4: It's About Time
02 Out 2020
Xbox One/PS4
Toys for Bob
Star Wars: Squadrons
02 Out 2020
PC/Xbox ONE/PS4
DICE
FIFA 21
09 Out 2020
PC/Xbox ONE/PS4
EA Canada

Guias

Ver todas

TOP Reviews

Ver todas