Death and Taxes

Escrito por

Gonçalo "Melgacius" Carvalho

Data de publicação

17 Fevereiro 2020 15:57

Tópicos

Descobri Death and Taxes num vídeo do youtube e gostei imenso do conceito, mas isso não me preparou para a complexidade acrescida dum jogo que parecia do mais simples e directo que havia. É raro ser tão divertido e intrigante arrasar a humanidade.

Death and Taxes é uma novela visual que rapidamente nos lembra Papers Please aliás, algumas vezes durante o jogo são feitas algumas piadolas com essa ideia, mostrando que a Placeholders Gameworks não pretende varrer para debaixo do tapete essa influência.

Há, no entanto, algo de magneticamente intrigante neste jogo. Jogamos como sendo a Morte, aqui caracterizada como um empregado de escritório, seguindo as ordens, praticamente sem autonomia para tomar uma decisão. No fundo somos mais uma pequena peça na engrenagem da vida, uma formiguinha com uma secretária num de muitos departamentos onde trabalham outras Mortes. O nosso chefe, o Destino, dá-nos indicações, ou simplesmente desaparece e deixa a sua gata a supervisionar o nosso trabalho.

No início tudo parece correr bem. É um trabalho fácil, basta seguir as indicações.

Gradualmente vamos ficando com dúvidas. Há uma voz que nos fala e nos leva a questionar o que estamos a fazer e como o fazer. O próprio Destino já é intrigante o suficiente. A certo ponto não sabia se matava alguém ou não, não sabia de todo o que fazer…

Já era perfeitamente perceptível a meio do jogo que existiria mais que um final, mas eu estava completamente perdido na forma de jogar, e quando percebi já era tarde, irremediavelmente tarde, a humanidade estava condenada.

Depois, mesmo sabendo como jogar, o trabalho foi árduo e foi o cabo dos trabalhos salvar a humanidade. Nada é o que parece, e por vezes as consequências das nossas decisões são bastante diferentes do que antecipamos. Aí o jogo é mauzinho connosco, mas é só mesmo aí.

Para além disso o jogo tem tido bons números no Twitch, dado que tem integração do processo de decisão, algo que provavelmente resulta se tiveres alguns seguidores a participar, podendo todos decidir em conjunto se alguém vive ou morre.

Humor quanto baste, opções de customização parcas, mas suficientes para o meu gosto, uma loja de itens com preços justos e diálogos muito bem escritos e representados compõe um jogo que resulta bastante bem e merece um pouco de atenção. Vai ser lançado dia 20 deste mês e podes adicioná-lo à tua lista de desejos aqui.

  • Lançamento: 20 de Fevereiro de 2020
  • Plataformas: PC
  • Desenvolvedor: Placeholder Gameworks
  • Editora: Placeholder Gameworks
  • Cópia para teste gentilmente cedida por Placeholder Gameworks

Lançamentos

 

Immortals Fenyx Rising
03 Dez 2020
PC/Xbox One/Nintendo Switch/PS4/Stadia
Ubisoft Quebec
Puyo Puyo Tetris 2
08 Dez 2020
PC/Xbox/Nintendo Switch/PS
SEGA
Cyberpunk 2077
10 Dez 2020
PC, PS4, XB1, GS
CD Projekt Red Studio

Guias

Ver todas

TOP Reviews

Ver todas