2017 Nov 25 / 22:15

SK Gaming vencem BLAST Pro Series

Depois dos atrasos de ontem, os SK Gaming vencem a BLAST Pro Series contra toda as probabilidades, e contra toda a Royal Arena.

O derradeiro confronto começou no Mirage, pick dos SK. Os SK tentaram assertar o seu domínio muito cedo, saltando para a liderança com uma vitória na pistol e consequente anti-eco. Os Astralis responderam imediatamente, levando 9 rondas seguidas, no que parecia um jogo extremamente one-sided. Uma pequena interrupção não parou o lado dinamarquês, um grande 3K de Peter "dupreeh" Rasmussen, incluíndo um tiro de AWP pela smoke, foi o momento do jogo. O seu streak não parou aí, na última ronda, dupreeh volta a acertar 4 tiros certeiros em cada um dos jogadores brasileiros num 1v4, definindo os Astralis por cima do lado adversário. O quinteto brasileiro não baixou os braços. Ao mudar de lado, fecharam a liderança dos Astralis a apenas uma ronda de vantagem. A esse ponto, os dinamarqueses retomam controlo do jogo e fecham-no, liderados na tabela por Markus "Kjaerbye" Kjærbye.

SK levam mais um troféu para casa (Foto: hltv.org)

Em Inferno, o jogo estava extremamente renhido até que os homens de Gabriel "FalleN" Toledo pegaram a 6ª ronda, momento em que descolaram para terminar a metade 10-5. Ao mudar de lado, os seus oponentes começaram bem e forçaram 3 rondas antes de boas jogadas pelo lado brasileiro forçarem o 3º mapa desta final.

Finalmente, em Cache, a supremacia dinamarquesa foi imposta imediatamente e lançaram-se para a liderança com uma pontuação de 9-0, momento aproveitado pelos SK para fecharem a metade e o défice, 9-6. Lados invertidos, um rápido push no bombsite A garantiu o plant, mas não a ronda, tendo sido impedidos por um 3K de FalleN. A sua equipa não desistiu e empataram o jogo 10-10, apenas para ter o coração despedaçado por um defuse que ficou a milisegundos de ser realizado. Para animar ainda mais uma final já cheia de barulho por parte dos fãs, Andreas "Xyp9x" Højsleth decidiu matar Epitácio "TACO" de Melo à facada, pelo que o público ficou ao rubro. Os brasileiros não baixaram os braços e levaram o jogo a Overtime. Aí, foram umas rápidas rondas dos SK, que apenas permitiram uma ronda aos adversários.  Os SK fecham o jogo 19-16, levantam o troféu da BLAST Pro Series e colocam mais US$125,000 nos seus bolsos.


Foto de capa: hltv.org

Diogo "Eutalyx" Santos


Entrou nos esports através do convite de um amigo e apaixonou-se pelo ramo de newswriting. Aos 14 anos e com três meses de escrita, já conta com mais de 100 artigos ao longo da sua curta carreira.