2018 Jan 31 / 21:00

100Thieves largam equipa de CS:GO

Foi anunciado pelas redes sociais da organização que deixariam assim de ter uma equipa a competir em CS:GO, poucos dias depois do contrato de Vito "kNgV-" Giuseppe ter sido imediatamente terminado devido a uma troca de palavras, onde kNgV- fez comentários agressivos contra o famoso analista Duncan "Thorin" Shields.

O, então, quintento brasileiro tinha como primeiro objetivo o ELEAGUE Major: Boston 2018, algo que tiveram de passar devido a problemas de visto, segundo a organização. Como as ligas online ainda não começaram os jogadores ainda não tiveram chances de jogar os primeiros oficias e, assim sendo, os jogadores abandonam a organização de Matthew "Nadeshot" Haag, antigo jogador profissional de Call of Duty e atual CEO dos 100Thieves, que têm investimento de capital por parte da equipa de NBA, Cleveland Cavaliers.

 

 

De acordo com o comunicado da organização, "complicações com o quinteto e problemas extensos de visa forçaram-os a re-avaliar o seu futuro no CS:GO" e que "Estão desapontados que os esforços entre os 100 Thieves e os jogadores de CS:GO não mostraram frutos, mas continuarão a querer ver os seus jogadores a ter sucesso. Por respeito aos jogadores, acabaram com os contratos dos jogadores e estes tornam-se agora free agents"

O quarteto que representava os 100Thieves é:

  • Henrique "HEN1" Teles
  • Lucas "LUCAS1" Teles
  • Lincoln "fnx" Lau
  • Bruno "bit" Lima

Diogo "Eutalyx" Santos


Puto prodígio dos esports. 15 anos e é explorado no newswriting há 1. Metaleiro non-stop e culpa o irmão por tudo isto.