2018 Jun 12 / 22:43

E3 2018 - Sony

Definivamente, a conferência mais estranha até à data, se a Sony quer continuar com este estilo, para o próximo ano convém estudar a situação para as pessoas que estão a ver em casa, não ficarem constrangidas a perguntar o que se está a passar e porque estão a ver as apresentações em sítios diferentes.

Começando com uma pequena atuação de Gustavo Santaolalla, dentro de uma igreja para apresentar um trailer com gameplay, que também se passava dentro de uma igreja, penso que foi para dar a sensação de imersão ao público presente, porque após isso foram logo levados para outra sala para verem o resto da apresentação. Isto foi um tanto bizarro, ter uma pausa para os comentadores da Sony e o presidente da World Wide Studios, "queimando" tempo enquanto moviam o público, dentro desse longo tempo de espera anunciaram outros produtos e mostraram alguns trailers. Esta pausa aconteceu algumas vezes e, definitivamente não quero voltar a ter esta experiência.

The Last of Us Part II

Público dentro de uma igreja, e o trailer com uma Ellie mais velha, numa comunidade desconhecida a fazer uma espécie de baile dentro de uma igreja - subitamente temos um gameplay extremamente violento com muita emoção, mecânicas novas e sangue, bastante sangue.

 

Ghost of Tsushima

Após a trapalhada de mover o público para outra sala, vemos outra atuação, agora com uma flauta japonesa e por trás a mostrar o ambiente do jogo, visuais excelentes do Japão Feudal, uma personagem no seu caminho para a guerra, muita luta de espadas e stealth.

 

Control

Dos criadores de Quantum Break, Max Payne e Alan Wake, Remedy mostrou um trailer e gameplay de um novo jogo em terceira pessoa e confesso que fiquei bastante interessado porque parece ser bastante sci-fi.

 

Resident Evil 2 Remake

Este não precisa de introduções, foi necessário chegar a meio do trailer para entender que jogo era, após uma entrevista com um dos criadores, houve confirmação que é um título totalmente feito de raíz, apenas estão tirando notas do jogo original para criar algo desta geração.

 

Kingdom Hearts 3 - Pirates of the Caribbean

Parece que à terceira é de vez, outro trailer de Kingdom Hearts e este é bastante diferente dos anteriores, pela informação que tive, já era pedido à vários anos pelos fãs e foi desta que cumpriram o desejo.

 

 

Death Stranding

Agora sim, tivemos gameplay, mas ainda ninguém sabe dizer o que é e o que temos de fazer, quantas mais vezes olhamos para algo novo, com mais perguntas ficamos, se a intenção de Kojima era meter os nossos cérebros a derreter com tanta pergunta e desorientação, conseguiu com muito sucesso!

 

 

Nioh 2

Ainda não tive tempo de acabar o primeiro jogo e este só saíu há um pouco mais de um ano, ninguém esperava outro título tão cedo.

 

 

Spider-Man

Com o lançamento mesmo à porta, fizeram questão de mostrar muito gameplay ao vivo, e se a missão era vender o jogo, decerteza que está cumprida, porque eu vou comprar!

 

 

Déraciné

Outro novo título da FromSoftware, explica logo o anúncio de Shadows Die Twice na conferência da Xbox, um título PSVR, que só teve um trailer muito simples sem informação.

 

E é isto! Sem muitas surpresas, mas com muitos bons títulos a caminho, a conferência da Sony merecia nota alta se não fosse pelas pausas "chatas" entre mudança de sala e anúncios, se querem continuar com este estilo vão ter de fazer as transições de outra forma. 

Vou assumir que vamos saber mais dos títulos anunciados na PS Experience que acontece em Dezembro.

João "JLCfreitas" Freitas


Técnico de Redes e Sistemas, amante de jogos de terror e fanboy da Blizzard. Achievement Hunter de noite. Speedrunner de dia.