2018 Jul 13 / 14:50

Rescaldo Playoffs OWCP: FTW.Omen vencem!

No passado sábado realizaram-se os playoffs do Overwatch Campeonato de Portugal no festival ISMAI Legends, onde as quatro equipas melhor classificadas iriam defrontar-se no formato de Gauntlet em best of five.

Com transmissão exclusiva no canal da twitch da RTPArena e com o cast de Hellrisen e Moove, tivemos um dia repleto de bons jogos e com emoção até ao fim, onde foi demonstrado o talento Português numa modalidade que esteve sem competição nacional durante bastante tempo. 

 

  • Grow uP Esports vs Panthers (3-2)

Começamos a manhã com o jogo entre o 3º e 4º classificado. Os Panthers, anteriores La Parodia, chegaram ao ISMAI com algumas alterações no seu lineup, com o Khyarss e o Noticeher a serem adicionados para este evento.

A primeira escolha de mapa partiu dos uP, onde viajamos diretamente para King's Row começando a equipa de maior seed a defender com um full hold sem grandes problemas, com um bom controlo do high ground e os Panthers a alterar para um setup de tanks com Briggite um pouco tarde para tentarem dar maior contest ao ponto.  

Com isto, os Grow uP partem para o ataque onde só necessitavam de capturar 1/3 do ponto, onde o conseguem à primeira tentativa.

Com uma pausa e pequena reunião, os Panthers escolhem Lijiang Tower e entram com uma postura mais agressiva. Conseguem, após perder a primeira parte, recuperar e ganhar este mapa, principalmente, graças ao trabalho conjunto do DPS do atf e do scofield.

Partimos para Volskaya Industries, escolha dos Grow uP após o empate do adversário. Os Panthers conseguem saber o setup defensivo dos Grow uP utilizando a Sombra para dar scout e conseguem, após algum atraso com picks do Flamenzo, capturar o ponto B com 4 minutos em timebank.

Os Grow uP, no ataque, após algum tempo para conseguirem capturar o ponto A, avançam para o ponto B com 5 minutos em tempo e com uma enorme jogada do Difis, peça fulcral da equipa neste encontro, conseguem um clear dos Panthers com um incrível shatter e acabam com melhor timebank que o adversário.

 

Os Panthers partem novamente para o ataque, novamente com o scout do Noticeher de Sombra, e alteram o seu setup com o scofield de Pharah, que carrega a equipa para a captura à primeira do ponto A. Partem para o último ponto, e após uma fight praticamente ganha, os Grow uP conseguem recuperar o controlo e obrigam os Panthers a utilizar muitos recursos e tempo, que acaba por não conseguir finalizar o mapa no total. 

Com apenas o ataque dos Grow uP em falta neste mapa, os Panthers decidem apostar na Pharah do scofield novamente e conseguem uma defesa superior do ponto A face aos Grow uP, obrigando estes a utilizar recursos importantes para as próximas fights. Os Panthers conseguem defender durante praticamente o tempo em sobra, 2 minutos, mas a 30 segundos do final do mapa, um bom ataque onde o scofield foi focado e com o push do Difis e Supercookie, conseguem finalizar e ganhar este mapa.

Passamos para o mapa seguinte, tendo os Panthers escolhido Nepal, onde entraram com maior agressividade que os Grow uP e conseguem garantir a primeira parte do mapa. Na segunda parte os Grow Up conseguem melhor vantagem e garantem o empate, passando então para a última parte onde os Panthers conseguem ganhar o mapa, empatando de novo a série.

Último mapa, e decisivo para ambas as equipas, é escolhido pelos Grow Up e passamos para Rialto. Neste mapa, os Grow uP tiveram novamente alguns problemas com a Pharah do scofield, tenho optado por colocar o Fakir em mirror para tentar contestar. O overtime foi o maior aliado da equipa, conseguindo finalizar o mapa e restantes pontos muito próximo do tempo limite. Após uma boa entrada no ataque dos Panthers, algum desperdício de tempo por parte do Foku e a inspiração do Flamenzo consegue aguentar a payload muito próxima do primeiro checkpoint, conseguindo os Grow uP o regroup e obter a vitória no mapa com uma defesa mais sólida nos instantes finais.

 

 

  • FTW.Omen vs Grow uP Esports (3-0)

Com uma pausa para almoço e algum descanso para os Grow uP, passamos para as meias finais do evento onde os Grow uP iriam encontrar uma das equipas mais fortes da fase regular do campeonato, e iriam tentar novamente contestar o seu favoritismo, tal como fizeram numa das jornadas onde conseguiram o empate face à FTW.Omen em Oasis, tendo sido a segunda equipa, contando com a FTW.Esports, a conseguir roubar pontos na tabela.

Escolha habitual já da FTW, passamos para um Lijiang Tower com um enorme poderio da equipa da "casa". A pressão exercidade por esta equipa sobre os Grow uP não deu hipótese de chegarem perto de ambos os pontos nas duas partes do mapa, conseguindo obter os 100% sem problemas de maior e tendo sempre o espaço da sua frontline para controlar o jogo.

Partindo para a escolha dos Grow uP, viajamos para King's Row, mapa onde tiveram enorme sucesso contra os Panthers. A FTW consegue aguentar com o seu tank based setup dar muitos problemas ao ataque do adversário, onde conseguiram chegar aos checkpoints com pouco tempo em timebank, finalizando o mapa sem tempo disponível. Passamos para o ataque com a FTW novamente a mostrar uma enorme agressividade, derivada também da liberdade proveniente do seu setup de tanks e Brigitte para os engages. O primeiro ponto é capturado à tentativa inicial, passando para a street phase em que a FTW consegue, com maior cuidado e recursos, acabar com melhor tempo que os adversários e passa imediatamente à última parte do mapa, onde o Didex garante com um enorme shatter o fim deste side. Com 3 minutos e a ser necessário apenas 1/3 do ponto, a FTW avança sobre os Grow uP em força, que embora tenham conseguido uma pick inicial no ponto, não conseguem afastar os atacantes do ponto e a FTW consegue o 2-0.

 

Os Grow uP Esports conseguem neste mapa trazer uma melhoria face a Lijiang Tower, mas insuficiente perante uma FTW.Omen muito forte, que não deu espaço à frontline dos Grow uP nem permitiu o jogo que vimos anteriormente. 

Passamos para a última oportunidade dos Grow uP, em Rialto

A FTW.Omen aborda os Grow uP com uma defesa sneaky a partir do highground para estabelecer vantagem, que com sucesso obriga a nova regroup dos adversários.

Os Grow uP conseguem ainda com um bom graviton surge levar a payload perto do primeiro checkpoint, mas o bom uso de ultimates da FTW.Omen causa novos atrasos nos Grow uP, e mesmo perto do checkpoint, novo graviton surge e a payload fica na marca. 

No lado atacante, a FTW.Omen mostrou-se bastante confiante e consegue uma vantagem inicial graças à agressividade da frontline e um boop de Lúcio do san alex. Algumas alterações com o Difis a voltar ao seu Reinhart mas insuficiente perante a vantagem de ultimates da FTW, que consegue chegar ao checkpoint necessário para garantir o 3-0 e o seu lugar na final.

 

  • FTW.Esports vs FTW.Omen (2-3)

Partimos então para o último e mais esperado jogo do dia, a grande final entre ambas as equipas da For the Win. Um encontro entre os jogadores mais conhecidos da comunidade, incluindo jogadores com experiência já na World Cup e Contenders, sendo esperado assim um jogo de enorme qualidade.

A FTW.Esports defende inicialmente com double sniper, com Okami de Widowmaker e Munsai de Hanzo, e a FTW.Omen mantém o seu setup baseado em tanks com a diferença do kiler4fun ter escolhido Roadhog, escolhendo novamente atacar pelo Hotel mas sendo parado pelo damage dos adversários. Após novo push, a FTW.Omen consegue capturar o primeiro ponto e começa o seu trabalho na payload, sendo parados logo na primeira curva da street phase com um bom shatter do Jokaluca, sendo este contrariado pelo uso dos ultimates da FTW.Omen, conseguindo chegar ao segundo checkpoint do mapa. 
Nesta última parte do mapa, a equipa atacante teve bastantes dificuldades a finalizar o mapa graças à defesa da FTW.Esports com um enorme trabalho do okami de Hanzo e do Munsai de Pharah, conseguindo aguentar a FTW.Omen até aos 8 segundos finais de timebank.

Com a FTW.Esports no ataque, vemos o mesmo setup anterior de Hanzo e Pharah. Novamente, enorme pressão e damage da equipa atacante sob os setup de tanks da FTW.Omen, que apenas conseguem um contest quando a payload está no início do movimento para a street phase. Quando a FTW.Esports consegue o regroup para defender já perto do checkpoint desta fase, okami ganha uma enorme vantagem na sua posição e leva 4 adversários de volta para o spawn. Ponto seguinte, com a vantagem de recursos, a FTW.Esports consegue finalizar com 3 minutos.

 

 

Com 1 minuto para capturar o primeiro ponto, a FTW.Omen entra em força novamente pelo Hotel e consegue uma vantagem numérica bastante cedo, avançando já com a payload em overtime pela street phase. Aqui mantêm a mesma agressividade e empurram a FTW.Esports, que não consigou ganhar o controlo do jogo até praticamente ao final do mapa, conseguindo aqui o clear necessário.

Passamos ao ataque da FTW.Esports, que trabalha com os seus 3 minutos e 40 segundos o primeiro ponto de King's Row. Sem grande sucesso no primeiro ataque, Munsai e Okami conseguem novamente um enorme trabalho mantendo a pressão sobre o adversário, capturando o primeiro ponto e mantendo a mesma já na street phase. Já nos últimos metros do checkpoint onde a FTW.Omen chegou com a payload, a FTW.Esports aposta os seus ultimates para garantir a vitória deste mapa.

 

 

A FTW.Omen, como habitual, escolhe Lijiang Tower para o próximo encontro. A FTW.Esports entra em força com okami de junkrat, ganhando o controlo inicial do ponto, mas a FTW.Omen, com kiler4fun desta vez de hanzo, consegue a vantagem e a primeira parte do mapa devido às early picks conseguidas pelos seus membros. Na segunda parte, o jogo começa com uma tentativa do okami de Mei, mas com um conjunto de enormes boops por parte do san alex anulam o primeiro ataque da FTW.Esports. Esta equipa consegue depois o controlo do ponto até aos 90% mas a FTW.Omen leva a melhor nos últimos encontros.

 

 

Passamos para Volskaya Industries, opção da FTW.Esports

A FTW.Omen entra de novo em força, conseguindo capturar o ponto A com uma aposta em Dive comp e com um Krellian inspirado com a sua widowmaker. Algum stall por parte da FTW.Esports obriga a FTW.Omen a gastar algum tempo mas conseguem capturar ambos os pontos com 4 minutos em timebank.

 

 

Com a FTW.Esports no lado atacante, vemos também uma aposta em Dive comp mas com alguma dificuldade a entrar e capturar o primeiro ponto com a dupla de snipers do Krellian e o Addicted. Após algumas tentativas no ponto B, a FTW.Esports consegue finalizar com 3 minutos para a próxima volta. 

Nova defesa da FTW.Omen, e de novo uma defesa muito forte com um bom scout do Krellian de widowmaker, impedindo o adversário de conseguir algum ponto nesta fase. Com 3 minutos, a FTW.Esports consegue um bom trabalho a tentar defender o único ponto disponível, mas o adversário consegue fechar o mapa a 52 segundos do fim.

Após o empate, a FTW.Esports escolhe Blizzard World e começa a defender com sucesso no primeiro ponto, a gastar bastante tempo ao adversário, e já perto do checkpoint da segunda parte, conseguem que a payload não avance mais que os 111 metros com o wombo combo habitual de graviton surge do Munsai e dragons do okami

Já no ataque, a FTW.Esports entra em força ganhando o primeiro ponto com facilidade e continua a trabalhar a pressão sobre o seu adversário. Contudo, a FTW.Omen organiza a sua defesa, e com bons gravitons do Addicted em conjunto com a sua equipa conseguem dar stall à payload de novo praticamente ao ponto inicial. Já praticamente sem tempo, a FTW.Esports consegue finalmente ganhar controlo do mapa, e em overtime, ambas as equipas usam todos os seus recursos mas graças ao enorme shatter do Jokaluca e aos dragons do okami conseguem obter a vitória neste mapa.

 

Passamos para o último mapa desta grande final, e que iria decidir quem seria o grande vencedor da Season 1 do Overwatch Campeonato de Portugal.

Após alguns minutos para as equipas reunirem e ouvirem-se os incentivos entre membros das equipas, passamos para o mapa decisivo, Nepal.

Logo no primeiro mapa, em Nepal Shrine, vemos ambas as equipas a entraram muito agressivas num clash total imediato no ponto. Após algum uso de ultimates, a FTW.Omen consegue o início do controlo, trocando de posse aos 32% para a FTW.Esports
Estes perdem o controlo do ponto aos 58%, com a FTW.Omen a garantir este primeiro side graças ao Addicted e a picks importantes do kiler4fun em conjunto com uma boa solidez defensiva.

Passamos para Nepal Village, onde a FTW.Esports entra motivada e muito forte para o ponto garantindo imeadiatamente o seu controlo, com o Kouhen na Brigitte. A FTW.Omen não conseguiu virar o ponto para o seu lado, com um enorme controlo do adversário do espaço e a garantir a vantagem mais cedo.

Com este empate, a última parte do mapa, Nepal Sanctum, iria decidir quem seria o grande vencedor. A FTW.Omen inicia com o didex na Orisa e kiler4fun no Roadhog, mas a FTW.Esports superior a evitar o damage no interior do ponto e consegue o controlo inicial, começando a percentagem a subir, logo após um engage com sucesso.

A FTW.Esports altera o seu lineup para o habitual Rein e Zarya, do didex e Addicted, em conjunto com a Brigitte do kiler4fun, conseguindo logo vantagem no seu engage e trocando o controlo do ponto, onde o adversário já tinha a marca dos 62%. 
FTW.Omen aproveita o controlo para tomar iniciativa nos encontros, e já perto da percentagem final usam os seus ultimates para garantir a superioridade e colocarem-se mais perto da vitória.

 

 
 
Com o mapa já nos 99%, a FTW.Esports consegue um recap devido à posição avançada da FTW.Omen e ganha a fight em que já se gritava vitória para o adversário. 
Passamos para o último encontro possível neste mapa, em que vemos picks de ambas as equipas sem haver vantagem clara para nenhum dos lados, enquanto o overtime é activado... sem aviso, Phatt aparece no ponto quando tudo indicava estar perdido para a FTW.Omen e coloca novamente a sua equipa em jogo, com um boop no Rod que o coloca fora do mapa e uma kill na Tracer do Kouhen.
Vemos ainda a tentativa do okami de Doomfist que consegue uma pick no didex, mas o self destruct da Dva do Krellian apanhou-o sem hipótese e um pequeno boop do ultimate coloca-o fora do mapa e com este jogo incrível a FTW.Omen obtém a vitória e torna-se o primeiro campeão do Overwatch Campeonato de Portugal
 
 
 
Após o jogo, foram entregues os prémios aos segundos classificados e aos vencedores do Overwatch Campeonato de Portugal, ainda com alguns momentos para algumas palavras do capitão da equipa vencedora, didex:
 
 
Com agradecimentos aos patrocinadores e a todos os que tornaram o campeonato e os playoffs possíveis, ficamos à espera da próxima edição!
 
Se quiseres ver os Vods dos playoffs, podes encontrar aqui a Parte 1 e a Parte 2 e deixamos algumas fotos tiradas no evento:
 
Ismai Legends 2018 (Sábado)
 
 
 

Luís "Moove" Silva


Game addicted desde as primeiras consolas, esteve sempre ligado a projetos e organizações de esports. Dedica-se a realizar entrevistas e ser o “árbitro” no programa The Desk.