2019 Mar 20 / 14:33

Stadia, o novo serviço de streaming da Google

A Google anunciou ontem o seu novo serviço de streaming de jogos a que chamou Stadia. Não sei quem pensa nestes nomes, mas está ao nível das nossas operações policiais. 

 

À primeira vista oferece imensas vantagens como poderes jogar qualquer jogo em qualquer aparelho com tecnologia Google ou Android no topo da performance sem te preocupares com as especificações do aparelho em si, a integração de streaming directamente para o Youtube, a facilidade de começares a jogar o jogo directamente a partir dum video do Youtube, a possibilidade de usares o Youtube directamente a partir do jogo para esclarecer alguma dúvida ou mesmo uma capacidade de computação que parece inatingível nas consolas actuais (embora não seja assim tão impressionante quando comparamos com o que se fala para a próxima geração de consolas). Além disso anunciaram o seu novo estúdio que irá produzir conteúdo exclusivo para o serviço, e todos sabem quanto os exclusivos são importantes, não é Microsoft?

 

Isto é divinal, certo? Bem, na realidade deixou-me com algumas questões, e posso aqui deixar algumas. Será isto um serviço por subscrição onde pagas uma mensalidade e tens direito a tudo, ou um serviço em que pagas o que consomes? Quais os requisitos mínimos de internet para jogarmos com lag mínimo? Sim, porque Portugal até tem uma cobertura razoável de internet, mas mal te afastas um bocado do router lá se vai o 4G, e nem quero falar do 5G. Quando o Benfica joga, e as operadoras cortam a internet, como é que faço?

 

Há mais algumas questões, mas no fundo isto é uma notícia, não um artigo de opinião, deixo pouco mais que o essencial. Fico na expectativa por mais informação que foi prometida pela Google para este verão. Segundo eles o serviço é para arrancar ainda este ano. A Hyped cá estará para ver.