2019 Nov 19 / 09:56

Indie X 2019 - Parte 1

Embora não tenha tirado qualquer fotografia ao cartão de visita e publicado nas redes sociais, posso afiançar que a Hyped me mandou ao Moche XL Games World para fazer a cobertura ao Indie X. Como de costume a voz acabou cedo demais, mas ainda foi possível falar com alguns dos participantes, essencialmente os que tiveram paciência e disponibilidade para falar comigo. Como não sei bem como agrupar os jogos, irei falar deles pela ordem em que os joguei. Ainda são alguns, pelo que devo fazer pelo menos mais um artigo. 

Sword Legacy Omen - Firecast Studio 

Este jogo foi o vencedor da edição do ano anterior. Um faction RPG baseado em Lendas Britânicas, no tempo do Rei Artur. O jogo está a ter boa aceitação e a equipa prevê que seja lançado para consola no primeiro semestre de 2020.

Blodoffer - Black Lotus

Um RTS que foi o projecto final de curso de 4 desenvolvedores. O jogo tenta indroduzir uma díade nas nossas escolhas, deixaando-nos escolher se queremos enveredar por uma vertente mais naturalista ou mais guerreira. Aproveitem para jogar a versão que esteve em montra no link do itch.io.

Dandy and Randy - Asteristic Game Studio/Forever Entertainment 

Um jogo de acção e aventura em 8 bits em que jogamos como dois arqueólogos muito desastrados e temos de superar algumas armadilhas para avançar. Já foi lançado no Steam e podem encontrá-lo aqui

Blazing Chrome - Joy Masher 

Este jogo até já nos passou pelas mãos há uns tempos. Se gostas de Contra ou Metal Slug este jogo é a tua praia. Um side scroller shooter que casa bastante bem com co-op

Viragon - Dino Boss 

Um twin stick shooter em que temos de destuir uma espécie de tentáculos que misturam uma parte de crescimento aleatório, com outra parte em que tentam crescer na nossa direcção conforme nos sentem perto deles. O jogo fica progressivamente mais difícil consoante o tempo que sobrevivemos. Para um mês de desenvolvimento está bem interessante.

Sector Alpha - Guntler 

Literalmente uma mistura de Starfox com Panzer Dragoon. O desenvolvedor anda há três anos de volta dele e podem acompanhar os seus progressos no itch.io. Tenho que admitir que passei horas a jogar Panzer Dragoon na minha Sega Saturn, e este jogo tem mesmo coisas que me fizeram lembrar dele.

Decay of Logos - Amplify Creations 

O já bem conhecido jogo que entra na área dos Souls Like de exploração tem sido bastante falado, embora nem sempre pelas melhores razões. Mesmo assim é um jogo bastante fluído, e claramente mais polido que a grande maioria dos outros no certame. Também tem razões para isso. Já lançado para consolas e PC. Também já nos passou pelas mãos, podes espreitar a nossa análise aqui

Those Who Remain - Camel 101 

O vencedor do melhor jogo português da edição anterior. Um survival horror com muitos puzzles. Já podes adicioná-lo à tua wishlist no Steam se quiseres.

Speed Master - António Pinto 

Este é o nosso primeiro jogo mobile. Controlamos a velocidade de um carro e o objectivo é concluirmos cada uma das 30 pistas sem destruir o carro, batendo o tempo alvo e sem saltar checkpoints. Simples e divertido. Podes encontrar este e outros jogos do António aqui

O artigo já está bastante grande, amanhã deixo o outro. Não percam.